quinta-feira, 14 de março de 2013

Centenário de Vinícius de Moraes

     Homenagem ao centenário do diplomata, escritor e compositor. O poeta de muitas gerações que completaria 100 anos em 2013, Vinícius de Moraes.


     
     Organizada pelo Salvador Foto Clube, serão expostas fotografias, músicas e poemas de Vinícius, com a curadoria da sua filha, Maria de Moraes. A exposição, promovida pelo Palacete das Artes, através da Dimus/IPAC e Secult/Ba, fica aberta a visitação pública até o dia 21 de abril, com entrada gratuita. Visitação de terça a sexta, das 13h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h.




     Vinícius de Moraes

(Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980)

     Foi um diplomata, dramaturgo, jornalista, poeta e compositor brasileiro.

     Poeta essencialmente lírico, também conhecido como "poetinha", apelido que lhe teria atribuído Tom Jobim, notabilizou-se pelos seus sonetos. 

     Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador.



     O poetinha casou-se por várias vezes ao longo de sua vida e suas esposas foram, respectivamente: 

     - Beatriz Azevedo de Melo (mais conhecida como Tati de Moraes)

     - Regina Pederneiras, Lila Bôscoli, Maria Lúcia Proença

     - Nelita de Abreu

     - Cristina Gurjão

     - Gesse Gessy

     - Marta Rodrigues Santamaria (a Martita) 

     - Gilda de Queirós Mattoso.

     Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. 



     No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell, João Gilberto, Chico Buarque e Carlos Lyra.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário